A chegada de um bebê é um momento repleto de expectativas e alegrias. Os papais sempre têm muitas coisas para pensar e organizar quando um bebê está a caminho. Enxoval, kit maternidade, roupas, brinquedos e diversos utensílios essenciais para um recém-nascido são alguns exemplos de tudo que precisa estar preparado para a hora do nascimento.

E aí, só em ler esses exemplos já bateu uma ansiedade para deixar tudo pronto? Então pode aproveitar melhor a gestação porque para facilitar a vida dos futuros papais, a EZTEC separou algumas dicas de como organizar o guarda-roupa do bebê que vão ajudar a poupar o tempo.

blank

1. Lave as roupas

É importante destacar essa dica, porque o bebê nasce com imunidade muito baixa e sua pele ainda é muito frágil e sensível. Neste caso, suas roupas precisam ser lavadas antes do primeiro uso, priorizando o sabão neutro, evitando amaciante e alvejante.

A máquina de lavar não é uma inimiga das peças de bebê, mas precisa ter uma atenção especial com as peças mais delicadas. É preciso também garantir que seja feito o ciclo de pré-lavagem para que não haja nenhum resíduo da última lavagem. Outra questão é não misturar com as roupas de adultos, pelo menos até o quinto mês de vida da criança.

2. Comece pelas partes mais altas

Para deixarmos de uma forma prática, comece a organização de cima para baixo. Na parte superior, é ideal colocar os produtos que não serão usados tão cedo. Por exemplo: roupas de tamanhos maiores, estoque de chupetas e mamadeiras, pratos, copos, mochilas e talhares.

3. Cabideiros

Macacões, vestidos ou conjuntos podem ser colocados nos cabideiros. Para facilitar a vida dos papais, utilize etiquetas adesivas para colocar os tamanhos em ordem cronológica nos cabides, sendo o primeiro RN (recém-nascido), de 01 a 03 meses, de 03 a 06 meses e assim por diante. Para dar um charme na organização, conte com cabides padronizados e infantis.

4. Prateleiras

Neste espaço é ideal deixarmos utensílios que vão ser usados com frequência. Comece organizando as fraldas de tamanho ideal para o recém-nascido. Assim como, mantas, roupa de cama e banho do nenê e trocas de conjunto de berço podem ser organizados em pilhas ou dentro de caixas.

Os calçados também podem ficar neste setor, seguindo a ordem do menor para o maior.

5. Gavetas do guarda-roupa

Hora de organizar as roupas mais leves. Neste caso, também é válido começar de cima para baixo e seguindo a ordem cronológica. Sendo assim:

  • Gaveta 1: roupas de 3 a 6 meses;
  • Gaveta 2: roupas de 6 a 9 meses;
  • Gaveta 3: roupas de 9 a 1 ano;
  • Gaveta 4: roupas acima de 1 ano.

Vale destacar que as peças para o recém-nascido normalmente são colocadas em cômodas, pois são usadas frequentemente. Sendo assim, é importante que haja um rodízio entre as gavetas do guarda-roupa com as da cômoda. A dica de ouro é sempre deixar acessórios e roupas de uso constante sempre acessíveis e ao nível dos olhos. Dessa forma, tudo fica à mão para quando precisar fazer aquela troca urgente ou após o banho.