Maravilhar-se com o pôr do sol, admirar as estrelas à noite, aproveitar a vista da cidade ao máximo! É isso que o High Living, tendência de arquitetura que propõe uma vida nas alturas, promete trazer a novos empreendimentos na capital.

High Living, você conectado ao horizonte da cdade

A migração das áreas de lazer dos edifícios para os rooftops, o chamado High Living, cria ambientes cada vez mais requintados e exclusivos para confraternizações e descanso. A ideia de usar o último pavimento do edifício para terraços, jardins, piscina, solarium, lounges, espaços para trabalhar e outras áreas comuns, é priorizar a experiência através da vista, dando a sensação de “ter a cidade aos seus pés”.

A tendência, importada de grandes metrópoles como Nova York, Paris e Londres, chegou ao Brasil e tende a firmar-se cada vez mais. Na EZTEC, já possuímos alguns empreendimentos que seguem esse modelo de arquitetura internacional, incluindo os lançamentos Haute Brooklin e Hub Brooklin.

O Haute, novo ícone de alto padrão, ideal para famílias que querem viver em um bairro especial como o Brooklin, tem suas áreas de lazer distribuídas em três pavimentos, incluindo o rooftop, a mais de 90 m do chão, onde o morador pode aproveitar de uma piscina com vista panorâmica da cidade e do lounge para se reunir com amigos, com a vista para um dos bairros mais privilegiados da cidade.

Já o Hub Brooklin, feito para quem tem uma vida dinâmica, valoriza a praticidade e a agilidade e quer se conectar com a cidade, oferece áreas de lazer no 27º. pavimento do edifício, a 80 m do chão, contando com um terraço e uma piscina cercados por vidros que permitem uma visão panorâmica de uma vasta região de São Paulo.

Vale lembrar que outra grande vantagem do High Living é a tranquilidade, pois por estar bem acima do nível da rua esse espaço é menos sensível aos ruídos da cidade, como buzinas, obras e o motor dos carros. Além disso, democratiza a vista, já que todos os moradores podem ter uma visão panorâmica e privilegiada, o que em outros prédios é restrito apenas para os que residem nos andares mais altos.